terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Primeiro dia do ano - Promessas

Primeiro dia do ano de 2013. 
Momento para fazer promessas e planejamentos para os outros 364 dias. Temos que tomar decisões. Eu já tomei a minha,
Decidi me arriscar mais uma vez.
Decidi rir mesmo me arriscando a parecer louco. 
Chorar mesmo me ariscando a parecer sentimental. 
Vou estender minha mão para o outro mesmo ariscando a me envolver. 
Vou amar mesmo me ariscando a não ser amado.
Vou viver mesmo me ariscando a morrer. 
Vou tentar mesmo me ariscando a falhar. 
Vou fazer tudo isso porque o maior azar da vida é não arriscar nada...
Pessoas que não arriscam, que nada fazem, nada são.
Podem evitar o sofrimento e a tristeza, mas não aprendem, não sentem, não crescem, não mudam, não amam enfim não vivem.
Acorrentadas às suas atitudes são escravas; abrem mão da sua liberdade.
Só é livre quem se arrisca...
"Arriscar-se é perder o pé por algum tempo, não se arriscar é perder a vida"
Pobre aquele que não se aventurar, que se acomodar.
Por mais um ano não vou usar Rider , não vou dar férias para os meus pés...
Detesto ser expectador do mundo, comentarista do cotidiano, dessas pessoas que vivem a dizer "eu não disse", "eu sabia". Detesto gente que na mesa do bar e no almoço de domingo resolve os problemas do mundo mas é um fracassado porque contam tudo que fariam se fizessem alguma coisa. 
Vou trabalhar de 4 as 19 e mais se for preciso como fiz em 2012 . Trabalho não mata, evita o ócio ( que é a morada dos demônios) e constrói prodígios.
Vou ser cada dia mais quente , porque eu odeio gente morna, prefiro o erro a omissão, o fracasso ao tédio, o escândalo ao vazio.
Não vou falar mal dos políticos ,vou tentar na medida do possível ,fazer o que me cabe para o bem da sociedade brasileira e catarinense. Como dizia um velho comandante falar não é atitude, fazer é o importante...Afinal de contas como dizia Nizam Guanaes fica cada dia mais difícil viver numa nação onde os "pobres vivem como bichos, e uma elite brega, sem cultura e sem refinamento, não chega a viver como homens. Roubam, mas vivem uma vida digna de Odorico Paraguassu" 
Não vou pautar minha vida pelo dinheiro. Continuarei amando o que faço de todo o meu coração. Sou fascinado pelo realizar. O dinheiro tem vindo como consequência...
Vou continuar a dar valor a quem ri da minhas piadas sem graça. Para quem ache que minhas tristezas são as maiores do mundo. Para quem saiba das minhas mentiras e mesmo assim me dedique uma sinceridade inquestionável. Para quem mesmo sabendo que estou errado esteja a meu lado..
Vou ser fiel a minha fé. O culpado pelos males do mundo não é o outro seja ele o ladrão, o bastardo, a prostituta, o general , o politico ou o sacerdote. Quem Jesus perdoou em seu martírio por não saber o que fazem não foram os Judeus. Foi a mim mesmo. A serpente que fez Eva morder do fruto da arvore do conhecimento não esta fora, não esta no outro ela está dentro de mim , dentro de você de cada um dos seres humanos.
Vou continuar amando minha família e meus amigos não apesar de suas diferenças mas justamente por eles serem diferentes. Continuarei a manter Nubia Helena Lopes Sales minha esposa em uma alteridade rigorosa. em que é impossível distinguir qualidade e defeitos. 
Vou continuar acreditando que minha maneira de ser, que minha neurose não são uma norma universal apenas uma forma de viver comigo mesmo. 
Finalmente vou continuar a sorrir. 
A vida é feita de: agir, reagir, corrigir...
mas o melhor mesmo é SORRIR
SORRIA SEMPRE! A VIDA É BELA!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário