domingo, 7 de agosto de 2011

Painel Segurança Cibernética

A maioria das empresas no Brasil não estão preparadas para identificar e quantificar as perdas financeiras registadas durante os eventos de segurança cybernética nem são devidamente estruturadas para gerenciar riscos de segurança cibernética em geral.
No ano de 2008 da Deloitte Segurança da Informação & Enterprise Risk concluiu um estudo em que informava que 75% das empresas nos EUA não tem uma pessoa encarregada de gerenciar riscos cibernéticos. O estudo também descobriu que 65% das empresas não têm nem um processo documentado através do qual a avaliação de risco cybernético possa ser quantificado e adequadamente mitigado.
Não obstante as medidas progressivas que foram tomadas em algumas organizações, uma pesquisa da Carnegie Mellon University (CMU) concluiu: "Ainda há uma lacuna entre a tecnologia da informação (TI) e gerenciamento de riscos corporativos. Resultados da pesquisa confirmam que os conselhos e executivos seniores não são adequadamente envolvidos em áreas-chave relacionadas à governança de segurança da empresa”.
O estudo CMU também forneceu detalhes alarmantes sobre o estado da estrutura de gerenciamento de riscos corporativos de segurança cibernética. . O estudo apontou que:
- Só 17% das empresas tinha uma equipe de segurança cibernética própria
- Menos da metade dos entrevistados (47%) tinha na empresa um plano formal de gestão de risco.
- Dos 47% que tinha um plano de gestão de risco, um terço não incluem riscos relacionados à TI no plano.
Esses problemas estruturais e de gestão têm levantado preocupações nos mais altos níveis do governo dos EUA. O Presidente Obama em discurso na Casa Branca em 29 de maio de 2009 disse:
"Não é suficiente para a força de trabalho de tecnologia da informação compreender a importância da segurança cibernética; líderes em todos os níveis de governo e da indústria precisam ser capazes de fazer negócios , investimentos e decisões baseadas em conhecimento dos riscos e impactos potenciais"
Em 2010 o Ministério da Defesa criou Nucleo do Centro de Defesa Cibernética para estudar o assunto e adquirir capacidade de Defesa Cibernética.
Os recentes ataques noticiados pela mídia nacional e internacional mostram a importância do Tema.
O Painel segurança e defesa cibernética pretende discutir o assunto.
Venha e participe. Vc é meu convidado
Teatro Pedro Ivo - Florianopolis - SC -
http://www.facebook.com/#!/event.php?eid=129494400476520

http://sistemas.sc.gov.br/ciasc/eventos/ciasc_painel/painel.htm

Nenhum comentário:

Postar um comentário